O Mercador de Livros Malditos

FaceBook  Twitter  

 

 

 

Autor: Marcello Simoni
Edição: Set/2012
Páginas: 384
ISBN: 9789892240294
Editora: Clube do Autor

 

 


Uma incursão apaixonante pela história. Uma viagem no tempo até à época medieval.

É quarta-feira de cinzas do ano de 1205. O padre Vivïan de Narbonne é perseguido por um grupo de cavaleiros que ostentam estranhas máscaras. O padre possui um bem muito precioso que precisa de proteger a todo o custo, mesmo que tal possa significar a sua morte.
Treze anos passaram sobre este dia tenebroso.

O amigo do padre, Ignazio de Toledo um mercador de relíquias, é encarregado de seguir o rasto de um livro raro, o Uter Ventorum. Diz-se que essa cópia de certos manuscritos persas pode conter o método de evocar os anjos e a sua divina sabedoria.
As criaturas sobrenaturais, uma vez invocadas, estariam dispostas a revelar os segredos dos poderes celestes.
E assim se inicia a viagem de Ignazio através da Itália, da França e de Espanha em busca de um manuscrito que alguém terá desmembrado em quatro partes, escondido cuidadosamente e protegido por meio de intrincados enigmas. Só que o mercador não é o único a procurá-lo. Quem será o primeiro a conseguir descobri-lo? E o que estará cada um disposto a arriscar para desvendar o mistério?
O Mercador de Livros Malditos
é uma história envolvente, marcada por intrigas, segredos ocultados durante séculos e mistérios que vão para lá do conhecimento de sábios e de alquimistas. Afinal, que segredo poderá conter a chave para o domínio absoluto do mundo?

Autor:

Marcello Simoni nasceu em 1975, em Comacchio, Ferrara, onde atualmente vive e trabalha.
Licenciado em Letras, Simoni trabalha como bibliotecário mas já foi arqueólogo. Publicou diversos ensaios históricos e alguns dos seus contos foram editados pela revista literária Writers Magazine Italia.
O Mercador de Livros Malditos foi o seu romance de estreia, que rapidamente conquistou o público internacional e a crítica, tendo sido distinguido, entre outros, com o Prémio Bancarella, um dos mais prestigiados em Itália, e o Prémio Literário Emilio Salgari. Este livro iniciou uma série de sucesso internacional, protagonizada pelo mercador Ignazio de Toledo, de que já foram publicados mais dois volumes: A Biblioteca Perdida do Alquimista e O Manuscrito nos Confins do Mundo.

Comentários  

 
#4 Vanessa Montês 2013-03-19 21:07
Sempre gostei de livros que misturam mistério, religião e muita intriga. Embora não seja cristã, nem crente em qualquer religião, não posso deixar de afirmar que estas têm os seus mistérios, e as suas histórias passadas chegam a ter imenso encanto e lições, tanto positivas como negativas.

Ignazio de Toledo é um homem cheio de segredos. Viaja há anos em busca de um grande segredo que lhe fora confiado por um grande amigo: a chave para a verdade sobre os anjos, a verdade sobre o mundo, um livro que poderá dar imenso poder a quem lhe puser as mãos em cima.

Numa viagem algo atribulada, onde o nosso mercador irá viajar de país em país, não só procurando essa relíquia - um livro dividido em quatro partes -, mas também fugindo daqueles que o perseguem com o objectivo de adquirir também eles o livro, iremos ter um drama em que vemos confianças cruzadas, pessoas que julgávamos de confiança que, afinal, são mais enganadoras do que esperávamos e várias reviravoltas.

Muito sinceramente, não sei bem como classificar o livro no final. Embora seja um livro de rápida leitura, pois a escrita é simples e fluída e os capítulos estão estruturados de forma a serem pequenos, o que ajuda sempre a "puxar" a leitura, houve algo que me faltou no livro. Achei a trama muito superficial e senti falta de algo mais profundo no livro. Mais profundidade nas próprias personagens, mais profundidade na trama que se desenrola ao longo de todo este livro. Não é um mau livro, não é isso que estou a dizer, porque até o li rapidamente e gostei, mas, por vezes, a velocidade não diz nada relativamente à qualidade do livro e este, embora sendo um livro que até é "engraçadito", falta-lhe algo, falta-lhe aquele "quê" que poderia torná-lo num livro muito bom. Tem os ingredientes de um óptimo livro, mas não foram suficientemente explorados, ou então não foram explorados da forma correcta.

Falta profundidade às personagens e a parte histórica, embora se note que houve pesquisa, devia ser mencionada mais vezes ou de outra forma.

Um livro que poderia, sem dúvida, ter sido melhor explorado, embora não seja uma má leitura.
 
 
#3 Catia Silva 2013-01-30 11:11
Um conselho para aqueles que são interessados em ambientes medievais, como eu: leiam este livro! Não só é interessante, como está bastante bem estruturado.

Ignazio de Toledo, um mercador de relíquias, é encarregado de seguir o rasto de um livro raro, o Uter Ventorum.
O mercador parte em viagem numa grande aventura, com o seu fiel companheiro Willalme e um jovem criado do convento, através de Itália, França e Espanha, para recolher as 4 partes do livro que padre Vivïan de Narbonne, seu falecido amigo, havia espalhado.

Não quero dizer mais nada, para evitar o risco de arruinar esta ótima leitura. Fiquei agradavelmente surpresa com a bela história deste autor, cuja obra eu ainda não conhecia. Leiam!
 
 
#2 Maria João 2013-01-21 22:45
Lamento imenso mas não consegui ler este livro até ao fim. Não me prendeu e, com tantos livros interessantes, optei por não perder tempo com ele.
 
 
+1 #1 Helena 2012-10-14 20:40
Um audacioso romance histórico.

Ignazio de Toledo, Willalme e Uberto são três personagens heróicas que desafiam perigos e desvendam mistérios e intrigas, enquanto buscam um cobiçado livro que daria imenso poder a quem o possuísse.

Esta narrativa, marcada pelo suspense e a ação, passa-se na obscura Idade Média que o autor bem carateriza, transportando o leitor para esse mundo dividido entre os laicos e os clérigos, um tempo em que o medo prevalecia e a esperança de vida era curta, com constantes lutas e perseguições.

Uma teia que nos enreda nos seus fios. É assim que descreveria o fascínio por um passado que nos intimida e envolve. Os vilões e seus sequazes têm um papel preponderante nesta narrativa, chegando a confundir de que lado estava o mal.

Para quem gosta do género, este é um romance a não perder. Envolve-nos numa cativante história.
 

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • A Vida Secreta de Stella Bain
    Stella Bain é uma mulher forte, determinada e corajosa que enfrenta a morte enquanto condutora de ...
  • 21.10.2014 22:03
  • A Fórmula da Saudade
    "Nós estamos permanentemente a conhecer o que acontece e a definir essas imagens por comparação com o ...
  • 20.10.2014 21:29
  • ABC da Poupança
    Um livro interessante sobre como poupar nesta conjectura actual. Gostei de ler, apesar de achar que não ...
  • 20.10.2014 17:23

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Começada um dia a leitura, impõe-se levá-la até ao fim. Assim me educaram e nessa pertinência me reconheço. Propus-me um livro? Há que lê-lo!"
Mário de Carvalho in Um deus passeando pela brisa da tarde