O Meu Amor Existe

FaceBook  Twitter  

 

 

Autora: Margarida Rebelo Pinto
Edição: Nov/2016
Páginas: 232
ISBN: 9789897243356
Editora: Clube do Autor

 

 

 

O livro mais romântico de Margarida Rebelo Pinto desde "O Diário da Tua Ausência", "O Meu Amor Existe" é feito de vários registos do quotidiano, desabafos e confissões sobre a vida. Textos inéditos, apontamentos sobre a intimidade e poemas compõem o livro mais íntimo da autora.

"Foi um livro escrito com a máxima sinceridade", refere a autora, "sem filtros e com muita energia". Sob a forma de um diário, "O Meu Amor Existe" é um relato humano e sensível sobre a vida e sobre o amor, tal qual um mergulho íntimo nos sentimentos da escritora portuguesa mais romântica da atualidade.

Desta autora no Segredo dos Livros:
Mariana, meu amor
O Amor é Outra Coisa

Autora:

Margarida Rebelo Pinto nasceu em Lisboa em 1965. Formou-se em Línguas e Literaturas Modernas na Universidade de Lisboa e desde cedo colaborou em vários órgãos de comunicação social, trabalhou como copy-writer e escreveu guiões para cinema e televisão.
O seu primeiro livro, Sei lá, publicado em 1999, foi um dos maiores sucessos de vendas em Portugal, atingindo números de vendas pouco usuais para o país. Os seus títulos seguintes rapidamente alcançaram um êxito similar. A sua obra literária é composta por romances, livros de crónicas e pequenas ficções e livros infantis.

Visite a página da autora no Facebook

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • Autobiografia
    "Autobiografia" , o novo romance de José Luís Peixoto, é o 3º livro que leio deste autor. Os anteriores ...
  • 18.08.2019 17:41
  • A Dama do Quimono Branco
    Com este volume, termina a saga do Samurai Negro, constituída por uma trilogia de romances históricos ...
  • 29.07.2019 17:54
  • Crash
    Depois de ter lido "Arranha-Céus" de J. G. Ballard, um romance que me deixou a pensar seriamente nos ...
  • 10.07.2019 22:32

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

 "Há mais do que uma maneira de queimar um livro. E o mundo está cheio de pessoas que correm de um lado para o outro com fósforos acesos".
Ray Bradbury in Fahrenheit 451