O Paraíso e Outros Infernos

Autor: José Eduardo Agualusa
Género: Crónicas
Edição: Abr/2018
Páginas: 336
ISBN: 9789897224737
Editora: Quetzal

 

 

 

Neste livro, os temas são variados: da literatura portuguesa ou de uma frase de Borges à situação política em Angola, de uma navalha sul-africana à teoria dos sonhos e ao cabelo da sua filha, da lista de inspirações para a sua obra até à beleza da Ilha de Moçambique e à herança portuguesa no Brasil – sempre num registo literário que ultrapassa a fronteira do tempo e da sua contingência.

O autor faz desses textos o ponto de partida para um livro mais complexo, misturando fragmentos do seu diário com crónicas publicadas na imprensa, ou seja, para um mapa do conhecimento do presente.

Deste autor no Segredo dos Livros:
Barroco Tropical
Passageiros em Trânsito
A Substância do Amor e Outras Crónicas
A Feira dos Assombrados
Fronteiras Perdidas – Contos para viajar
O Ano em Que Zumbi Tomou o Rio
Nação Crioula
A Sociedade dos Sonhadores Involuntários
Teoria Geral do Esquecimento
Um Estranho em Goa
Um pai em nascimento

Autor – José Eduardo Agualusa

Autor:

José Eduardo Agualusa nasceu na cidade do Huambo, em Angola, a 13 de dezembro de 1960. Estudou Agronomia e Silvicultura. Viveu em Lisboa, Luanda, Rio de Janeiro e Berlim. É romancista, contista, cronista e autor de literatura infantil. Os seus romances têm sido distinguidos com os mais prestigiados prémios nacionais e estrangeiros, como, por exemplo, o Grande Prémio de Literatura da RTP (atribuído a Nação Crioula, 1998); também os seus contos e livros infantis foram merecedores de prémios, como o Grande Prémio de Conto da APE e o Grande Prémio de Literatura para Crianças da Fundação Calouste Gulbenkian, respetivamente. O Vendedor de Passados ganhou o Independent Foreign Fiction Prize, em 2004, e, mais recentemente, o romance Teoria Geral do Esquecimento foi finalista do Man Booker International, em 2016, e vencedor do International Dublin Literary Award (antigo IMPAC Dublin Award), em 2017. A sua obra está publicada na Quetzal e traduzida em dezenas de línguas.

Saiba mais sobre o autor e a sua obra em www.agualusa.pt

0 comentários
0 likes
Anterior: Xogum – O Senhor do JapãoSeguinte: O Bairro dos Jornais

Comentar