Os Segredos dos Outros

 

 

  

 

 

Autora: Louise Caldlish
Edição: Mar/2012
Páginas: 384
ISBN: 9789722634342
Editora: Civilização

Ginny e Adam Trustlove chegam de férias a Itália, destruídos por uma tragédia pessoal. Duas semanas numa casa na margem do tranquilo lago de Orta é exatamente aquilo de que precisam para restaurarem a sua fé na vida – e um no outro.
Vinte e quatro horas mais tarde, o silêncio é interrompido. A família Sale chega à casa principal da propriedade: Marty, um homem bem-sucedido, Bea, a sua bela esposa, e a sua prole privilegiada e confiante. Não demora muito até Ginny e Adam serem atraídos para o círculo, especialmente quando a filha adolescente, Pippi, traz um novo amigo.

Porque há qualquer coisa em Zach que deixa toda a gente imediatamente encantada, qualquer coisa que liberta antigos segredos – e cria segredos novos e chocantes.
E contudo, nenhum deles suspeita que a chegada de Zach às suas vidas possa ser tudo menos uma coincidência…

 

Autora:
Louise Candlish estudou Inglês na University College London e trabalhou como editora e copywriter antes de escrever ficção. É autora de seis romances, incluindo os best-sellers Since I Don’t Have You e The Second Husband. Vive em Londres com o companheiro e a filha. O seu próximo livro The day You Saved my Life vai ser publicado em Portugal no fim de 2012.

Mais informações sobre a autora em www.louisecandlish.co.uk/

1 comentários
0 likes
Anterior: E a Banda Continuou a Tocar…Seguinte: Desejo Subtil

Comentários

  • Vera Neves

    Maio 11, 2012 às 12:08
    Responder

    Adam reserva a Casa dos Barcos, no Lago Orta, em Itália, para duas semanas de férias com Ginny, a sua esposa. Ambos querem acreditar que serão capazes de reconstruir o seu casamento, depois de uma tragédia se ter abatido sobre eles. Apesar de acharem que terão todo o sossego e privacidade durante esses dias tranquilos e soalheiros em Itália, a verdade não é essa. No segundo dia, o palacete que se situa ao lado da pequena Casa dos Barcos, dá mostras de movimento e agitação e cedo os Trustlove terão a possibilidade de conhecer os novos "vizinhos".Por seu lado, Marthy, […] Ler Mais...Adam reserva a Casa dos Barcos, no Lago Orta, em Itália, para duas semanas de férias com Ginny, a sua esposa. Ambos querem acreditar que serão capazes de reconstruir o seu casamento, depois de uma tragédia se ter abatido sobre eles. Apesar de acharem que terão todo o sossego e privacidade durante esses dias tranquilos e soalheiros em Itália, a verdade não é essa. No segundo dia, o palacete que se situa ao lado da pequena Casa dos Barcos, dá mostras de movimento e agitação e cedo os Trustlove terão a possibilidade de conhecer os novos "vizinhos".Por seu lado, Marthy, um homem rico e de sucesso, faz uma surpresa a toda a família: à esposa Bea e aos seus três filhos e presenteia-os com umas deliciosas férias neste palacete maravilhoso, que tantos anos antes Bea desejou voltar a ver. O que Marthy não sabe é que, mesmo antes de apresentar esta surpresa à esposa, ela estava a pensar divorciar-se dele. Será que estas férias serão reparadoras o suficiente para juntar os cacos de um casamento baseado em anos de traição e de mentira? O casal Trustlove acaba por se começar a mover no círculo dos Sale e, com o decorrer da acção, que envolve deliciosos passeios de barco e refeições animadas, todos se começam a redescobrir e a dar a conhecer. A autora guarda grandes segredos que serão desvendados através do misterioso Zach, que a uns tanto encanta e a outros traz desconfiança.Ginny continua absorta na sua redoma, mas por quanto tempo? Será ela capaz de reconstruir o seu casamento com o tão esforçado Adam? Neste ponto, a autora consegue de facto surpreender, pois a minha linha de pensamento estava numa direcção completamente diferente.Este romance lê-se bem, de forma tranquila, tal como as águas do Lago Orta. Apesar de não ser uma leitura viciante, confesso que a autora conseguiu levar o enredo a bom porto e congratular o leitor com um final surpreendente e nada prevísivel. No entanto, penso que houve personagens negligenciadas, ao ponto de não fazer muito sentido para mim a sua existência, como por exemplo o filho dos Sale, cuja história pessoal, não sendo desenvolvida, ficou-me na memória pela má disposição e rosto carrancudo do jovem. A irmã de Pippi também não faz grande sentido na história, pois não tem relevência no enredo. Read Less

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados
Tópicos recentes