O Reino de Nurver


Autora: Sara Machado
Género: Romance Fantástico
Edição: Jul/2007
Páginas: 208
Formato: 23 x 15 cm
Editora: Papiro Editora

Leia aqui um excerto do livro

Micailis tinha nascido no seio da nobreza. Como príncipe nada lhe faltava. Até ao dia em que o inimigo do pai lhe tirou tudo. Com os seus três irmãos e sua mãe, ele parte em busca de alguém que os ajude a recuperar o que é deles por direito. No meio dessa busca, ele irá também procurar saber quem é de verdade. Uma história sobre a busca das origens, de liberdade e do amor, por entre lutas e traição.

Continuar...

A Cirurgia do Prazer


Subtítulo: Contos Morais e Sexuais
Autor: Miguel Almeida
Edição: Abr/2010
Páginas: 192
Formato: 16 cm x 23,5 cm
Editora: Esfera do Caos

A literatura com conteúdo sexual e erótico faz sentir, mas também pode fazer pensar!
Se a sexualidade e a moralidade, a realidade e a ficção, a descrição e a reflexão, forem exploradas em cada personagem, em cada atmosfera e em cada situação, o resultado pode ser uma viagem sensual, e ao mesmo tempo inspiradora, ao centro da comédia humana. Que dá gosto ler. E que nos convoca para a tarefa do entendimento.

Continuar...

Revelação

 

 

Autor: C. J. Sansom
Série: Shardlake
Edição: Abr/2010
Páginas: 608
ISBN: 9789720045102
Editora: Porto Editora

 

 

Leia aqui o 1º capítulo.

Primavera de 1543. Enquanto em Inglaterra se vivem momentos de grande tensão religiosa e convulsão social, Henrique VIII planeia um sexto casamento, sob o olhar atento do vigário-geral, Cranmer. Desta vez, o seu alvo é Lady Catherine Parr, conhecida na Corte pelas suas simpatias reformistas.
Entretanto, Matthew Shardlake, afasta-se dos assuntos da Corte e trabalha no caso de um adolescente maníaco-religioso encerrado no hospital psiquiátrico de Bedlam. Porém, a sua tranquilidade é subitamente interrompida quando um velho amigo e colega advogado, Roger Elliard, é brutalmente assassinado.

Continuar...

A Vida Amorosa no Antigo Egipto


Autor: José Miguel Parra Ortiz
Nova edição: Mar/2010
Formato: 16 x 23,5 cm
Páginas: 288
Editora: Esfera dos Livros

O sexo é um dos elementos básicos da sociedade humana. Compreender como a sociedade egípcia compreendia e interpretava o acto reprodutor, saber como vivia a sexualidade, se existia uma cultura do prazer e quem tinha acesso à mesma é o objectivo do historiador e especialista espanhol José Miguel Parra Ortiz neste livro. Ao contrário de outras culturas da Antiguidade, como a Grega ou Romana, os egípcios não nos deixaram muitas representações gráficas dos seus sentimentos e devaneios físicos.

Continuar...

O Segredo da Rainha Velha

 

 

 

 

Autora: Fina d'Armada
Género: Romance histórico
Páginas: 320
Editora: Ésquilo

 

D. Beatriz dominou o período áureo da história de Portugal. Casada com D. Fernando, filho adoptivo do infante D. Henrique, foi sogra de D. João II e mãe de D. Manuel I. O Papa outorgou-lhe oficialmente a governação da Ordem de Cristo e o seu poder foi imenso, mas há um segredo que a perseguiu…
Este é o romance que narra com rigor histórico a vida fascinante e desconhecida de D. Beatriz, vida entrelaçada com a de Cristóvão Colombo mas que encerra muitos outros enigmas. Que leis e circunstâncias a levaram a ser governadora da Ordem de Cristo (antigos Templários) e herdeira do Infante D. Henrique? Como conseguiu que reis e papas legislassem para si? Que navegadores enviou à descoberta de ilhas a Ocidente, 19 anos antes de Colombo? 

Continuar...

Últimas Opiniões

  • O luto de Elias Gro
    O Luto de Elias Gro fala-nos acerca da perda, do desespero, do abismo sem fundo onde, às vezes, o ser ...
  • 05.07.2015 12:53
  • À Morte Ninguém Escapa
    Uma talentosa detetive da polícia, Helen Grace, marcada por um passado traumático e ferida emocionalmente ...
  • 05.07.2015 00:11
  • Rui Rio - Raízes de Aço
    Demorei mais tempo do que habitualmente na leitura deste livro, porque, tal como um bom vinho, é ...
  • 04.07.2015 17:46

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Árvores são poemas que a terra escreve para o céu. Nós as derrubamos e as transformamos em papel para registar todo o nosso vazio."
Khalil Gibran