A Rainha das Duas Sicílias

 

 

  

 

 

Autora: Nancy Goldstone
Edição: Set/2011
Páginas: 424
ISBN: 9789722523431
Editora: Bertrand Editora

Em 1348, aos vinte e dois anos, Joana I, rainha de Nápoles, foi apresentada em julgamento ao Papa, acusada do homicídio do primo e marido, o príncipe húngaro André. Defendeu-se em latim e foi absolvida transformando-se então na única mulher monarca do seu tempo a governar em nome próprio. Presidiu durante mais de trinta anos a uma das cortes europeias mais prestigiadas e influentes, até ser ela própria assassinada.

Continuar...

A Sombra do Teu Sorriso

 

 

  

 

 Autora: Mary Higgins Clark
Edição: Set/2011
Páginas: 320
ISBN: 9789722523592
Editora: Bertrand Editora

 

 

Aos oitenta e dois anos e com uma saúde frágil, Olivia sabe que não lhe resta muito tempo. É a última da sua descendência e enfrenta uma escolha colossal: expor um segredo de família há muito escondido ou levá-lo consigo para o túmulo.
Em sua posse encontram-se cartas que provam que, aos dezassete anos, a sua prima e freira Catherine, agora morta e em vias de ser beatificada, deu à luz um rapaz, que entregou para adoção. Hoje, duas gerações mais tarde, Monica Farrell, uma pediatra de trinta e um anos, neta de Catherine, é a herdeira legítima do que resta da fortuna familiar, mas não o sabe.

Continuar...

Mister Gregory

 

   

 

Autora: Sveva Casati Modignani
Edição: Set/2011
Páginas: 464
ISBN: 9789720043580
Editora: Porto Editora

 

 


Aos oitenta e cinco anos, Gregorio Caccialupi passa em revista uma vida intensa marcada por contrariedades e vitórias. Para trás ficam as recordações de uma infância pobre na Itália dos anos 1930 e uma decisão que mudou para sempre a sua vida - emigrar para a América em busca de um futuro melhor.
Ambicioso e determinado, coleciona sucesso atrás de sucesso e uma série de mulheres procuram conquistar o seu coração - Florencia, o seu primeiro amor, Nostalgia, com quem se casou, e Erminia, a sua derradeira paixão. Com o decorrer do tempo, Gregorio Caccialupi torna-se Mister Gregory, dono de uma importante cadeia de hotéis, um homem rico e influente.

Continuar...

Merrick

 

 

  

Autora: Anne Rice
Edição: Set/2011 (Nova Edição)
Páginas: 348
ISBN: 9789721049680
Editora: Europa-América

 

 


Neste romance hipnótico, a autora das Crónicas do Vampiro e da saga das Bruxas Mayfair demonstra mais uma vez o seu dom para a criação do mito e da magia.
Desta vez ela vai juntar vampiros e bruxaria para criar um ambiente verdadeiramente arrepiante.
No centro da história encontra-se Merrick, a «Bruxa de Endor», a bela e misteriosa feiticeira, descendente de uma sociedade mestiça de Nova Orleães familiarizada com as cerimónias de voodoo. Entre os seus ancestrais encontram-se também as grandes Bruxas Mayfair — de quem ela nada conhece senão o poder e a magia que herdou.

Continuar...

Eu Sou Uma Criatura Emocional

 

 

  

 

 

Autora: Eve Ensler
Edição: Ago/2011
Páginas: 192
ISBN: 978-972-1-06181-1
Editora: Europa-América

Neste livro atrevido, a autora internacionalmente aclamada e dramaturga Eve Ensler oferece-nos monólogos ficcionais e histórias inspiradas por raparigas de todos os cantos do mundo.
Intenso, terno e inteligente, Eu Sou Uma Criatura Emocional é uma celebração da voz autêntica que existe dentro de cada rapariga e um apelo inspirador a todas, para que não tenham medo de falar mais alto, de seguir os seus sonhos e de se tornarem as mulheres que sempre estiveram destinadas a ser.

Continuar...

Últimas Opiniões

  • O Bizarro Incidente do Tempo Roubado
    Ao que parece, a rotação da Terra é afetada pelas marés, os terramotos, até os ventos e as tempestades ...
  • 23.09.2016 22:52
  • A Lista Negra
    Para descontrair, enquanto não voltava à leitura de livros mais profundos, fui à prateleira e este ...
  • 10.09.2016 11:30
  • Os Frutos da Terra
    Este livro foi publicado em 1917, quando as pessoas já estavam fartas de guerra e desencantadas com a ...
  • 02.09.2016 09:58

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Algumas obras morrem porque nada valem; estas, por morrerem logo, são natimortas. Outras têm o dia breve que lhes confere a sua expressão de um estado de espírito passageiro ou de uma moda da sociedade; morrem na infância. Outras, de maior escopo, coexistem com uma época inteira do país, em cuja língua foram escritas, e, passada essa época, elas também passam; morrem na puberdade da fama e não alcançam mais do que a adolescência na vida perene da glória. Outras ainda, como exprimem coisas fundamentais da mentalidade do seu país, ou da civilização, a que ele pertence, duram tanto quanto dura aquela civilização; essas alcançam a idade adulta da glória universal. Mas outras duram além da civilização, cujos sentimentos expressam. Essas atingem aquela maturidade de vida que é tão mortal como os Deuses, que começam mas não acabam, como acontece com o Tempo."
Fernando Pessoa, in Heróstrato