Frentes de Fogo

 

 

Autor: A. M. Pires Cabral
Género: Poesia
Edição: Nov/2019
Páginas: 96
ISBN: 9789896715236
Editora: Tinta da China

 

 


Novo livro do consagrado autor A.M. Pires Cabral na Colecção de Poesia dirigida por Pedro Mexia.

Viola no saco
Mil luzes acendi — e a radiosa
escuridão prevaleceu intacta.

Mil palavras disse — e o silêncio
reboou nas longas arcadas sombrias.

Mil passadas dei — e o que estava longe
não ficou um milímetro mais perto.

... ... ... ... ... ...

Conclusão: é tempo de meter, meu caro,
a viola no saco.

Continuar...

Obnóxio

 

 

Autor: Abel Barros Baptista
Género: Crónicas
Edição: Nov/2019
Páginas: 144
ISBN: 9789896715199
Editora: Tinta da China

 

 


Obnóxio
/CS/ adj. 1. Que se submete servilmente à punição. 2. Que não tem vontade própria; escravo, dependente. 3. Nefasto, funesto, nefando; ofensivo, nocivo. 4. Vulgar, corriqueiro; baixo, vil. 5. Esquisito, estranho.
Com o seu característico sentido de humor, afiado e inteligente, Abel Barros Baptista declina o conceito de obnóxio em diálogos ficcionais, situações reconhecíveis, pequenas encenações e reflexões que têm tanto de entretenimento intelectual como de diversão rasteira.

Continuar...

A Mão de Sangue

 

 

Autor: João Augusto de Ornelas
Género: Romance
Edição: Nov/2019
Páginas: 192
ISBN: 9789895436170
Editora: Imprensa Académica

 

 


Jornalista e escritor, João Augusto de Ornelas publica A Mão de Sangue em 1874. O enredo, que remete o leitor para o século XVII, desdobra-se em torno de atos monstruosos cometidos pela ambição de dois irmãos. O romance revela três cartografias distintas (Funchal, Brasil e Porto) e recria uma época, com os seus ambientes, usos e costumes.

Continuar...

Sob a Forma do Silêncio

 

 

Autor: Emanuel Madalena
Género: Poesia
Coleção: elogio da sombra
Edição: Nov/2019
Páginas: 96
ISBN: 9789720032492
Editora: Porto Editora

 

 

«É poderosa a imagem com que Emanuel Madalena se apresenta, insinuando a poesia como modo de trocar “a modéstia da voz / pelo contrabando da língua”. Tudo quanto é seguro é deixado fora da poesia. A estreia do poeta é a inauguração do perigo, proposta de uma angústia outra vez original. Corajoso o regresso à “torre”, tão elevado quanto cercado por seu ponto de vista, sem completude, apenas intensificação. Não há possibilidade de completude nem de sossego. Todos os planos serão um vício.

Continuar...

Templários em Portugal: Homens de religião e de guerra

 

 

Autora: Paula Pinto Costa
Género: História de Portugal
Edição: Nov/2019
Páginas: 312
ISBN: 9789898975317
Editora: Manuscrito

 

 


A Ordem do Templo não teve uma vida longa. Existiu durante quase duzentos anos (1119/20-1312), mas a curiosidade sobre esta e os seus cavaleiros atravessou séculos. Homens de religião e de guerra aliavam à vida de oração a arte militar, em particular a guerra defensiva com o propósito de proteger os lugares sagrados da Terra Santa e os peregrinos vindos das mais longínquas terras europeias.
Apoiados pelo Papa e pelas principais monarquias da época, estes freires cavaleiros, na sua maioria, ganharam respeito e prestígio e viram recompensada a sua bravura militar, com a concessão de propriedades e benesses que levaram a um poder crescente da Ordem.

Continuar...

Últimas Opiniões

  • A Noite em que o Verão Acabou
    Pedro Taborda era um adolescente cuja família, a exemplo de muitas famílias portuguesas, tinha uma ...
  • 10.12.2019 14:38
  • Imortal (José Rodrigues dos Santos)
    Compro e leio os livros de José Rodrigues dos Santos que considero de ficção científica, porque gosto ...
  • 15.11.2019 22:00
  • Autópsia
    Lê-se na contrapaca deste livro que se trata de "uma arrepiante distopia, retrato de uma humanidade náufraga".
  • 21.10.2019 22:21

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Não ler, pensei, era como fechar os olhos, fechar os ouvidos, perder sentidos. As pessoas que não liam não tinham sentidos. Andavam como sem ver, sem ouvir, sem falar."
Valter Hugo Mãe in Desumanização