Tokyo Killer


Autor: Barry Eisler
Edição: Mar/2010
Páginas:
288
Editor: Saída de Emergência

John Rain é um assassino. O seu talento é matar. A sua especialidade: fazer com que pareça um acidente ou morte por causas naturais. Mas Rain tem as suas próprias regras e sabe que não as pode quebrar. Meio americano, meio japonês, ele é um mercenário treinado para fazer o trabalho sujo que os governos negam existir. Na frenética cidade de Tóquio, até uma carruagem de metropolitano em hora de ponta, está repleta de oportunidades para provocar a morte de uma vítima.

Continuar...

Blasfémia


Autor: Douglas Preston
Edição: Mar/2010
Páginas: 400
Editor: Saída de Emergência

O que acontece quando o Homem tenta substituir Deus?

O maior supercolisionador do mundo, encerrado numa montanha no Arizona, foi construído para revelar os segredos do momento da criação: o próprio Big Bang. O Torus é a máquina mais cara jamais criada pela Humanidade, gerida pelo computador mais poderoso do mundo, uma invenção do cientista Nobel, North Hazelius.
Será o Torus capaz de divulgar os mistérios da criação do universo? Ou irá, de acordo com algumas previsões, sugar a Terra para um buraco negro? Poderá também ser uma tentativa satânica, como alguns televangelistas clamam, de desafiar o Deus Todo-Poderoso no próprio trono divino?

Continuar...

Manual da Escuridão


Autor: Enrique De Hériz
Páginas: 440
Edição: Mar/2010
Editor: Dom Quixote

A carreira do ilusionista Víctor Losa, depois de algumas dificuldades iniciais, é fulgurante. Perto dos 40 anos recebe, em Lisboa, a homenagem dos seus colegas que o consagram como o melhor mágico do mundo. No entanto, o destino prega-lhe uma surpresa contra a qual o seu talento de nada lhe serve. O mundo desaparece subitamente do seu cenário por culpa de uma irreversível cegueira. O brilho da sua vida envolve-se em escuridão. E Víctor Losa deverá começar de novo.

Continuar...

Vive e Deixa Morrer


Autor: Ian Fleming
Reedição: Mar/2010 (2ª Edição)
Páginas: 206
Editora:
Contraponto

Mr. Big – senhor do mundo do crime nova-iorquino, líder do culto vodu Viúva Negra e membro da SMERSH, a poderosa organização soviética – é um dos oponentes mais perigosos que Bond alguma vez enfrentou. Esta nova missão, quase suicida, vai levar 007 dos clubes duvidosos do Harlem às ilhas da Florida e ao luxuriante Caribe.
Bond volta a estar bem acompanhado por uma bela e misteriosa mulher, Solitaire, prisioneira de Mr. Big, que não a deixará escapar facilmente. O duelo final acontece na Jamaica’s Shark Bay, onde 007 terá de enfrentar os mortíferos dentes dos tubarões... se quiser capturar um peixe maior.

Continuar...

A Próxima Vez

 

 

 

Autor: Marc Levy
Reedição: Mar/2010 (1ª Edição: Jul/2005)
Páginas: 232
ISBN: 9789896660598
Editora: Contraponto

 

 

Jonathan é um especialista em arte com uma paixão inexplicável pela obra do pintor russo Vladimir Radskin. Quando, nas vésperas do seu casamento, lhe chega a notícia de que uma galeria em Londres tem em sua posse cinco quadros do pintor – entre eles, possivelmente, a sua mítica última obra, A Jovem de Vestido Vermelho, misteriosamente desaparecida em 1868 –, Jonathan não hesita em partir.
Ao chegar a Londres, encontra Clara, a dona da galeria, e é acometido por uma forte sensação de déjà vu: certamente já viu aquele rosto, já ouviu aquela voz. Mas onde, e quando? Será que entre eles há algo mais em comum do que uma paixão por pintura?

Continuar...

Últimas Opiniões

  • Pão de Açúcar
    Faz agora em fevereiro catorze anos que se deu um acontecimento que apaixonou o País e deixou os ...
  • 02.02.2020 22:44
  • Budapeste
    Este livro fala de uma profissão que muitos podem considerar ficção, mas é muito real e mais vulgar do ...
  • 18.01.2020 23:22
  • A Luz de Pequim
    Apesar de ter vários livros do autor na estante, ainda não tinha tido a oportunidade de ler qualquer ...
  • 15.01.2020 13:56

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Quando lemos, conseguimos viajar para muitos lugares, encontrar muitas pessoas e conhecer o mundo. Também podemos aprender a lidar com os problemas que tenhamos, instruindo-nos com as lições do passado."
Nelson Mandela