Anástasis


Autora: Maria Araújo Lima
Edição: Jun/2010
Páginas: 286
Edição de autor

Susan Fletcher está internada num hospício, na cidade de Londres, há já dois anos e sem progressos a registar. Com o passar do tempo, os seus familiares e amigos vêem-se envolvidos numa série de crimes e ondas de suspeição.
Frank Douglas, detective inglês e investigador de serial killers, é chamado a intervir e a investigar os sucessivos casos de homicídio. Enquanto Dr. Evans, médico no hospital, pertence a uma seita secreta, que vai alterar o rumo da história. Gary Molony, padre irlandês e amigo de Susan Fletcher, guarda o segredo que pode estar na origem de todos os mistérios.

Continuar...

O Contador de Histórias


Autor: Rabih Alameddine
Edição: Set/2010
Páginas: 520
Editora: Contraponto

Osama al-Kharrat regressa a Beirute, depois do seu prolongado exílio voluntário na América, para estar ao lado do seu pai no leito da morte. A cidade, agora, é apenas uma sombra da Beirute de que Osama se lembra, mas a sua família e os seus amigos mantêm o espírito intacto: continuam a discutir, a rir e, sobretudo, a contar histórias.
O avô de Osama era um hakawati, ou contador de histórias, capaz de adoçar os ouvidos do emir mais céptico e de despertar a imaginação mais adormecida com contos clássicos reinventados a partir da Bíblia, do Corão ou das Metamorfoses de Ovídio.

Continuar...

Um Amor em Segunda Mão


Autora: Isabel Wolff
Edição: Set/2010
Páginas: 350
Editora: Contraponto

Phoebe Swift é uma especialista em história da moda que decide deixar o seu emprego na prestigiosa leiloeira Sotheby’s para abrir o seu próprio negócio – uma pequena loja de roupa vintage no Sul de Londres, chamada Vintage Village. Ao mesmo tempo, Phoebe está a lidar com a recente perda da sua melhor amiga, Emma, e com a separação do seu noivo. Por isso, refugia-se no trabalho – restaurando as maravilhosas e antigas peças de roupa que compra, revendendo-as para que tragam algum glamour à vida das suas clientes. Mas Phoebe não consegue deixar de pensar nas «vidas passadas» destas roupas – nas histórias que contariam se pudessem falar.

Continuar...

O Acompanhante


Autor: Jonathan Ames
Edição: Set/2010
Páginas: 424
Editora: Contraponto

Esta é a história de Louis Ives, um jovem cavalheiro, ao jeito de um personagem de Scott Fitzgerald, que ensina Literatura Inglesa num colégio privado em Princeton… até ao dia em que é apanhado a vestir o sutiã de uma colega (em plena sala de professores) e é despedido.
Esta também é a história de Henry Harrison, um velho cavalheiro, ao jeito de um personagem de Hemingway, dramaturgo brilhante mas fracassado, viajante incansável mas falido, que ganha a vida como «homem extra» (um acompanhante de velhinhas de alta sociedade) e com o aluguer de um quarto no seu diminuto apartamento em Manhattan. Quando Louis decide, pela primeira vez na vida, ser aventureiro e mudar-se para Nova Iorque, o destino fá-lo ir bater à porta de Henry.

Continuar...

Alex 9 - A Coroa dos Deuses

 

 


Autor:
Martin S. Braun
Edição: Set/2010
Páginas: 304
Editora: Saída de Emergência

 

 

Prepara-te para batalhas épicas de espada em punho e tecnologia de ponta e mergulha numa aventura onde as respostas parecem levar a mais perguntas. Quando se saberá a verdade sobre Alex 9?

Continuar...

Últimas Opiniões

  • A Ilustre Casa de Ramires
    NOTA: Este comentário contém spoilers (*** não leia se pretender ainda ler o livro ***) Após 2 ou ...
  • 28.06.2020 09:42
  • Imortal (José Rodrigues dos Santos)
    Acabei (finalmente) de ler o mais recente livro de José Rodrigues dos Santos - Imortal que trata de um ...
  • 01.06.2020 23:30
  • O Túmulo do Mestre
    Ótimo livro para se ler num fim de semana! Li-o em duas tardes. Os capítulos não são grandes, pelo ...
  • 19.04.2020 19:03

Últimos Tópicos

    • Navia
    • Navia, nascida no ano 410 D.C, época em que a Lusitânia encontra-se instável...
    • há 1 semana 5 horas
    • Navia
    • Navia Navia, nascida no ano 410 D.C, época em que a Lusitânia encontra-se...
    • há 1 semana 5 horas

Uma Pequena Palavra...

"Apenas se deveriam ler os livros que nos picam e que nos mordem. Se o livro que lemos não nos desperta como um murro no crânio, para quê lê-lo?"
Franz Kafka