Feminino Singular

 

  

 

Autora: Sveva Casati Modignani
Edição: 2008
Páginas: 400
ISBN: 978-972-0-04184-5
Editora: Porto Editora

 

 

Martina: uma figura de mulher «singular». Amada por uns e criticada por outros, toda a sua vida esteve sob o olhar inquisidor das gentes de Vertova, incluindo o das próprias filhas…
No decurso da sua existência, dos anos quarenta aos nossos dias, através das mais complicadas vicissitudes, ela tentará encontrar o caminho para atingir a sua autêntica vocação de mulher – gerar a vida. Terá três filhas, de três homens diferentes, sem desposar nenhum deles.

Continuar...

Um Beijo na Escuridão

 
Autor: Linda Howard
Editora: Chá das Cinco
Formato: Capa mole
Dimensões: 16 x 23
Núm. páginas: 256

Leia aqui um excerto do livro

É um trabalho mortal. Eficiente, profissional, e sem remorsos, Lily Mansfield é uma assassina contratada que trabalha como agente da CIA. Os alvos dela são os poderosos e os corruptos. Os que estão acima da lei.
Agora, depois de dezanove anos no activo, Lily foi atraída para um perigoso jogo: procurar vingança pela morte dos que lhe eram próximos. Com cada movimentação mais genial que a anterior, ela está a comprometer os seus superiores, atraindo atenções indesejadas e colocando em risco a sua própria vida. Lily sente-se invencível, mas mesmo ela pode ser eliminada se cometer o mais pequeno erro.

Continuar...

Escândalos Privados

   

 

Autora: Nora Roberts
Edição: 2008
Páginas: 416
ISBN: 9789898032362
Editora: Chá das Cinco

 

 

 

No mundo glamoroso dos talk-shows, as estrelas mais brilhantes escondem os segredos mais negros.
Desenrolando-se no glamoroso mundo da televisão, Escândalos Privados conta-nos a história de Deanna Reynolds, a apresentadora de um pequeno talk-show em ascensão. Bonita, sincera e muito profissional, Deanna decide então partir para Nova Iorque, determinada em tornar-se a melhor dentro do género. Mas isto fá-la atravessar-se no caminho da sua antiga mentora, Angela Perkins, a actual rainha da televisão e uma mulher perigosa de desafiar.

Continuar...

O Último Verão

Autor: Ann Brashares
Editor: Quinta Essência
ISBN: 9789899578845
Ano de Edição/ Reimpressão: 2008
N.º de Páginas: 292
Encadernação: Capa mole
Dimensões: 15,5 x 23,5 cm


Em Waterby, Fire Island, os ritmos e os rituais do Verão são os mesmos de sempre: o cerimonial das chegadas e das partidas de ferry; os jantares no clube náutico com vistas de cortar a respiração; o decreto contra o uso de sapatos; e o desfile de miúdos bronzeados e cobertos de areia, que se tornam maiores de idade na praia.
Passada neste cenário cheio de vida, O Último Verão é a história encantadora – e comovente – da amizade entre três jovens, para quem o Verão e aquele lugar significam tudo. As irmãs Riley e Alice voltam todos os anos à modesta casa de praia dos pais.

Continuar...

Uma Sonata de Amor

 

 

 

 

Autora: Santa Montefiore
Edição: 2008
Páginas: 478
Editora: Círculo de Leitores

 


Uma história de amor. Arrebatadora, misteriosa, embalada pela memória de uma sonata composta por um homem apaixonado. Das quentes paisagens da Argentina à frescura da Inglaterra rural, Santa Montefiore escreve um notável romance de perda e reconquista. Audrey, a protagonista, guarda em si a melodia que Louis compôs especialmente para ela, mas é com o seu heróico irmão, Cecil, que é forçada a casar. Esconde contudo, sempre, em si, aquela melodia de amor... Poderá um dia ser feliz? Poderá ainda alterar a sua vida?

Continuar...

Últimas Opiniões

  • Autobiografia
    "Autobiografia" , o novo romance de José Luís Peixoto, é o 3º livro que leio deste autor. Os anteriores ...
  • 18.08.2019 17:41
  • A Dama do Quimono Branco
    Com este volume, termina a saga do Samurai Negro, constituída por uma trilogia de romances históricos ...
  • 29.07.2019 17:54
  • Crash
    Depois de ter lido "Arranha-Céus" de J. G. Ballard, um romance que me deixou a pensar seriamente nos ...
  • 10.07.2019 22:32

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

“Um livro aberto é um cérebro que fala; fechado, um amigo que espera; esquecido, uma alma que perdoa; destruído, um coração que chora.”
Rabindranath Tagore