P.S. - Eu Amo-te

 


Autor:
Cecelia Ahern
Edição: 2008
Páginas: 371
ISBN: 9789722331456
Editora: Editorial Presença


Quase todas as noites Holly e Gerry tinham a mesma discussão - qual dos dois se ia levantar da cama e voltar tacteando pateticamente o caminho de regresso ao apetecível leito? Comprar um candeeiro de mesa-de-cabeceira parecia não fazer parte dos planos. (...) Agora, ao recordar esses momentos de pura felicidade, Holly sentia-se perdida sem Gerry. Simplesmente não sabia viver sem ele.

Continuar...

Expiação

 

 

 

Autor: Ian McEwan
Edição: Abr/2002
Páginas: 352
ISBN: 9789726628224
Editora: Gradiva

 


No dia mais quente do Verão de 1935, Briony Tallis, de 13 anos, vê a irmã Cecilia despir-se e mergulhar na fonte que existe no jardim da sua casa.
É também observada por Robbie Turner, um amigo de infância que, à semelhança de Cecilia, voltou há pouco tempo de Cambridge. Depois desse dia, a vida das três personagens terá mudado para sempre. Robbie e Cecilia terão ultrapassado uma fronteira que, à partida, nem sequer imaginavam e tornar-se-ão vítimas da imaginação da irmã mais nova. Briony terá presenciado mistérios e cometido um crime que procurará expiar ao longo de toda a sua vida.

Continuar...

Luís XIV e o Amor

 

 

  

 

Autor: Antonia Fraser
Editora: Oceanos
Ano de Edição: 2008

Luís XIV e o Amor descreve a galanteria destas relações, as amizades que escondem o amor, a subtil arte de cortejar, e os mais frívolos e por vezes perigosos jogos de sedução que levam à libertinagem sexual. Chamando a atenção para o significado político das figuras femininas deste período, este livro também reflecte inevitavelmente algo da condição das mulheres de um certo estatuto social no século XVII francês. Antonia Fraser analisa as suas escolhas e até que ponto estas mulheres – esposas ou amantes – controlavam os seus próprios destinos.

O Império do Medo

 

 

  

 

Autor: Brian Stableford
Chancela: Saida de Emergência / 2008
Dimensões: 16 x 23
Páginas: 432
Leia aqui um excerto desta obra.

Géneros:
Romance Histórico
História Alternativa
Ficção Científica

Esta é a história de uma cruzada pelo maior de todos os segredos: a imortalidade.

O Império do Medo é um magnífico épico histórico, repleto da melhor aventura e da mais brilhante fantasia, que se desenrola ao longo de três séculos. Saltando de Inglaterra para o coração de África, e de Malta para o Novo Mundo, Brian Stableford oferece-nos a visão sublime de uma realidade que parece a nossa mas não é. Afinal, este é um mundo governado por uma poderosa aristocracia de imortais: humanos extraordinariamente belos e imunes à dor mas que precisam de beber o sangue dos mortais.

Continuar...

Diário de uma mãe

 

 

 

 

Autor: James Patterson
Edição: 2003
Páginas: 240
Editora: Editorial Presença

 



Do autor de Alex Cross, o detective psicanalista que a América tão bem conhece, protagonista de sete thrillers que se tornaram bestsellers, chega Diário de Uma Mãe, um intenso romance que nos envolve numa apaixonante história de amor.
Katie trabalha numa prestigiada editora em Nova Iorque quando conhece Matt, o homem perfeito em tudo o que ela tinha imaginado e que está à sua frente a pedir-lhe que ela publique o seu livro de contos. O amor entre os dois inevitavelmente acontece e uma vibrante relação é vivida ao longo de onze meses. Mas um dia, sem explicação, ele desaparece deixando apenas um diário, escrito por uma mulher chamada Suzanne.

Continuar...

Últimas Opiniões

  • A Morte do Papa
    Depois de ter lido todos os livros anteriores de Nuno Nepomuceno, este foi o primeiro em que tive ...
  • 24.02.2020 00:22
  • Pão de Açúcar
    Faz agora em fevereiro catorze anos que se deu um acontecimento que apaixonou o País e deixou os ...
  • 02.02.2020 22:44
  • Budapeste
    Este livro fala de uma profissão que muitos podem considerar ficção, mas é muito real e mais vulgar do ...
  • 18.01.2020 23:22

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Era uma vez uma mulher cujo ofício era contar histórias. Andava por todo o lado oferecendo a sua mercadoria, relatos de aventuras, de suspense, de horror ou de luxúria, tudo a um preço justo. Num meio dia de agosto encontrava-se no centro de uma praça quando viu avançar na sua direção um homem (...) És tu a que conta histórias?, perguntou o estrangeiro. (...) Então vende-me um passado, porque o meu está cheio de sangue e de lamentos e não me serve para percorrer a vida."
Isabel Allende
in Eva Luna