Porque és Minha

FaceBook  Twitter  

 

 

  

 

 Autora: Beth Kery
Edição: Jan/2013
Páginas: 320
ISBN: 9789896374815
Editora: Saída de Emergência

 

 

A autora bestseller do New York Times, Beth Kery, agarra-nos com um romance inebriante como nenhum outro - onde as regras do desejo são quebradas, noite após noite…
No instante em que Francesca e Ian se conhecem, a atração é mútua; uma carga requintadamente física incendeia ambos.

Para Ian, ela é o tipo de mulher a que ele não resiste: inocente e pura. Para Francesca, ele é o tipo de homem que ela mais teme e deseja: sombrio, extremo, autoritário, e interdito. O que se passa entre eles não pode ser ignorado - apenas acatado, evoluindo para um inevitável vínculo.
De um jato particular para um interlúdio em Paris, de um ousado encontro num museu público para a intimidade de um hotel de luxo, Francesca e Ian estão um com o outro sempre que o desejo se torna premente. Mas à medida que a relação deles fica mais intensa, Francesca descobre algo a respeito de Ian - e dela própria - que altera para sempre o jogo e os jogadores. É algo com que eles nunca contaram, algo que lhes faz girar as vidas, delirantemente fora de controlo…

"Um dos melhores romances eróticos que já li." All About Romance

Autora:

Beth Kery cresceu numa casa construída no séc. XIX, o que cultivou o seu amor pelo mistério e o paranormal. Quando não estava à procura de passagens secretas e fantasmas com os seus amigos, devorava livros de fantasia e romances, a par de qualquer outro livro que lhe caísse nas mãos. Hoje em dia tenta equilibrar a sua exigente carreira com o seu amor pela sua cidade, pelas artes e pela vida familiar, e a sua escrita reflete a paixão que tem por tudo isso. Já adulta, começou a investigar a fundo os mistérios do romance e do sexo. É uma autora de êxito com mais de trinta livros e contos publicados, e escreve igualmente sobre o pseudónimo de Bethany Kane. Beth acredita, principalmente, que escrever uma intensa e apaixonada história de amor preenche o leitor a nível sensual, emocional e intelectual.

Saiba mais em www.bethkery.com

Comentários  

 
#3 PCCST 2013-05-14 09:25
"Porque és minha", mais um no variado leque de romances eróticos que podemos encontrar no mercado neste momento, fala sobre Francesca e Ian. Francesca é uma jovem estudante de arte que tenta conciliar o estudo com o trabalho, para conseguir pagar todas as despesas. Já Ian é um homem poderoso e rico, que se cruza com a jovem artista e nunca mais a larga.
A partir do momento em que se conhecem, há uma química entre ambos que faz com que nunca mais se separem, mantendo uma relação sexual que vai aumentando para algo mais.
Estas duas pessoas têm, a meu ver, muitas arestas a limar nas suas personalidades. Ambos têm problemas com o passado que continuam a ter medo de enfrentar no presente.
Este livro não me agradou. Penso que seja uma cópia má de outros livros do género, nomeadamente "As cinquenta sombras" ou "O Inferno/Êxtase de Gabriel". Em muitos momentos revi estes livros.
A linguagem aqui utilizada é do mais baixo que há e penso que tenha sido o aspecto que mais me desagradou. Para escrever um bom livro erótico, não é necessário usar uma linguagem tão fraca/porca.
Além dos encontros destas duas personagens, pouco mais foi abordado.
Não é, de todo, o livro que mais aconselho dentro deste género.
 
 
#2 Vanessa Montês 2013-05-03 18:02
Sim, eu sei, mais um romance erótico, pensam vocês. Embora muitos dos que me têm vindo parar às mãos, sejam demasiado para mim, continuo a lê-los, porque acabam por me enfeitiçar e, sendo eu, admito, muito de modas, e, como esta é a última (embora agora esteja a acalmar), não resisti.

Francesca é apaixonada por arte. Decidindo apostar no seu talento, concorre a um concurso de arte, de forma a pagar o curso de artes que está a tirar na faculdade, e acaba por o ganhar! Feliz, é convidada para uma festa em honra da iniciativa, pois era a convidada de honra. Aí acaba por ser apresentada a Ian, a pessoa que organizara e financiara a iniciativa. Este mostra-se de imediato uma pessoa distante e nem sequer se dá ao trabalho de olhar para ela. Irritada por ter sido totalmente ignorada e pensando que o primeiro instinto para não ir à festa era o correcto, acaba por se ir embora. Contudo, é convidada por Ian a pintar uma tela especial para ele, para preencher as paredes da sua casa.

Mas Ian não quer apenas a pintura e não esconde isso de Francesca de forma alguma, acabando estes por se envolverem de uma forma selvagem e crua.

Muito sinceramente, e sem rodeios, não gostei. Odiei a linguagem do livro e isso fez-me automaticamente não gostar do que lia. Sim, sei que é algo muito forte para se dizer, mas odeio livros com linguagem porca. Não me venham dizer que, se não gosto, então não devia ler este género de livros, pois já li imensos dentro do género, cuja escrita é fantástica e nem um pouco porca. Neste livro, encontram-se diversas palavras que, simplesmente, faziam-me perder o fascínio pela história. Até quando estava a ser romântica, a personagem masculina, Ian, conseguia utilizar um discurso porco. Como é possível? Não sei se é da tradução, se é mesmo a autora que escreve assim. Mas, de uma forma ou outra, isso mexeu imenso comigo e impediu-me de aproveitar o livro.

Além disso, o próprio livro não tem uma história muito profunda. O início pode ter um pouco de história. Ele adora o lado artístico dela, o seu olhar perdido quando pinta. E é assim que o fascínio dos dois começa. Mas depois, até às últimas partes, a história é só sexo no sentido literal da palavra e, ainda por cima, com a tal linguagem porca. O final do livro acaba por compensar um pouco a história, pois mostra-nos um lado mais sensível e verdadeiro e não apenas sexual de Ian, o que lhe dá uns pontos. Mas nem essa parte da história me valeu para gostar a sério do livro.

Um livro que, infelizmente, não recomendo.
 
 
#1 Ana Barbosa 2013-04-15 17:37
Foi com entusiasmo que iniciei a leitura desta obra. Antes de considerar esta leitura, conversei com outras leitoras, a fim de saber as suas opiniões. Encontrei os mais diversos testemunhos, desde quem adorou até quem o achou muito semelhante a outros livros existentes no mercado.
A literatura erótica tem vindo a ganhar peso no mundo editorial e, para marcar a diferença, um livro tem que sobressair nos pequenos pormenores. Este, de facto, fá-lo.
Francesca é uma jovem estudante apaixonada pela arte que acabou de ganhar um prémio patrocinado por um dos mais bem sucedidos homens do país, Ian Noble. Quando a artista é convidada para pintar uma tela, tendo como vista o apartamento de Ian, estes começam a aproximar-se. Francesca começa então a perceber que Ian é um dominador que a levará a descobrir prazeres que ela não julgava existirem. Mas será que Francesca se deixará levar?
Um livro que poderia ter mais conteúdo, a nível de história, pois gira muito em volta das cenas sexuais.
Fiquei com curiosidade para ler o próximo!
 

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • O Marciano
    O Marciano é um livro muito interessante para quem gosta de ficção científica, como eu. Imaginem ...
  • 25.11.2014 23:31
  • És o Meu Destino
    O que se pode dizer de umas das melhores autoras da atualidade? Que, mais uma vez, se excedeu. Neste ...
  • 25.11.2014 23:19
  • Tudo o que ficou para trás
    Apesar da capa ser lindíssima, acho que não se adequa à trama, mas, fora esse pormenor, o livro é ...
  • 25.11.2014 23:09

Últimos Tópicos

    • Quem me ajuda?
    • Atendendo ao assunto, o tópico foi movido para esta localização. Quem pode...
    • há 23 horas 50 minutos

Uma Pequena Palavra...

"Cada livro, cada volume que vês, tem alma. A alma de quem o escreveu e a alma dos que o leram e viveram e sonharam com ele. Cada vez que um livro muda de mãos, cada vez que alguém desliza o olhar pelas suas páginas, o seu espírito cresce e torna-se forte."
Carlos Ruiz Zafón in “A sombra do vento”