Segunda Oportunidade

Autores: James Patterson  com Andrew Gross
Série: O Clube das Investigadoras – (Vol. 2)
Edição: 2010
Páginas: 336
Editora: Quinta Essência

 

Lindsay Boxer, detective, é determinada e corajosa. Cindy Thomas, jornalista, é uma jovem brilhante e espevitada. Claire Washburn é médica-legista, competente e intuitiva, e Jill Bernhardt é uma advogada ambiciosa e viva. As quatro formam o Clube das Investigadoras e mostram-se determinadas a encontrar criminosos a todo o custo.
Uma menina de 11 anos morre quando um maníaco abre fogo contra uma igreja. Uma idosa é encontrada enforcada. Em comum, as vítimas têm apenas o facto de serem negras. Lindsay Boxer, depois de ter resolvido o trágico caso do «Assassino dos Noivos», é designada para o caso e desconfia que se trata de algo mais do que uma onda de crimes raciais.

Lindsay acredita que os dois crimes foram cometidos por um assassino em série e que duas das vítimas estavam indirectamente relacionadas com a polícia. Um símbolo detectado nas cenas do crime conduz a um grupo racista, mas o assassino volta a atacar, deixando pistas deliberadas e iludindo a polícia com inteligência. Entretanto, cada uma das quatro amigas corre o risco de vida, e o assassino sabe exactamente quem são e onde as encontrar.

A série O Clube das Investigadoras, anuncia-se como uma das mais vendidas na última década nos Estados Unidos. Foi adaptada à televisão pela ABC, em 2007. Em Portugal, os episódios da série são exibidos pelo canal por cabo Fox Life.

Autor – James Patterson

Autor:

James Patterson já criou mais personagens inesquecíveis do que qualquer outro escritor da atualidade. É o autor dos policiais Alex Cross, os mais populares dos últimos vinte e cinco anos dentro do seu género. Entre os seus maiores bestsellers estão também as coleções Private: Agência Internacional de Investigação, The Women’s Murder Club (O Clube das Investigadoras), A Amante, Zoo e Primeiro Amor.
James Patterson é o autor que mais livros teve até hoje no topo da lista de bestsellers do New York Times, segundo o Guinness World Records. Desde que o seu primeiro romance venceu o Edgar Award, em 1977, os seus livros já venderam mais de 325 milhões de exemplares.
Patterson escreveu também diversos livros para leitores jovens e jovens adultos, entre os quais estão as séries Confissões, Maximum Ride, Escola e Eu Cómico.

Visite o site de James Patterson www.jamespatterson.com e a página dos fãs de James Patterson Infantojuvenil Portugal no Facebook.

Autor – Andrew Gross

Autor:

Andrew Gross trocou uma carreira de sucesso nas vendas pela escrita e é hoje um autor best-seller do New York Times, tendo escrito 6 thrillers em parceria com o consagrado James Patterson. Vive no estado de Nova Iorque com a mulher e os três filhos.

Saiba mais em www.andrewgrossbooks.com

6 comentários
0 likes
Anterior: Educação SiberianaSeguinte: Tudo o Que Eu Tenho Trago Comigo

Comentários

  • Helena

    Novembro 30, 2010 às 22:41
    Responder

    Há algum tempo que não lia um policial e este livro pareceu-me uma excelente segunda oportunidade para recuperar o entusiasmo e a ansiedade que esse género literário me transmite, até ao seu inteligente e inesperado final. E claro, assim foi. Empolguei-me logo nas primeiras páginas, admirei o quarteto das inteligentes personagens que formam o clube das investigadoras e vibrei com o intenso thriller, numa escrita simples e realista e a um bom ritmo. Os 120 capítulos divididos em 3 partes são uma boa aposta para absoluto entretenimento.Compreendo agora o volume de vendas de autor.

  • Júlia

    Outubro 21, 2010 às 10:26
    Responder

    Li este livro no início do Verão e, mais uma vez, adorei, embora não ache este tão empolgante como o primeiro desta série.Adoro aquele grupinho de mulheres independentes e lutadoras, capazes de dar a vida umas pelas outras.James Patterson é muito bom nos thrillers, mas, para mim, ainda melhor no toque de ternura que dá aos seus livros.Estou ansiosa por ler o seguinte.

  • Sara Sousa

    Outubro 13, 2010 às 12:41
    Responder

    Li este segundo volume da série Clube das Investigadoras, sem ter lido o primeiro e, no entanto, isso não foi problema. Existem referências ao livro anterior, mas, ao mesmo tempo, as personagens são apresentadas como se aparecessem pela primeira vez.É um thriller que se lê muito bem e que mantém o suspense até ao final. Os capítulos pequenos fazem parecer que a acção se desenrola muito depressa. E, ao contrário do que foi dito, eu acho que teve uma reviravolta no final, pelo menos eu não estava à espera...Espero mesmo que a editora continue esta série.

  • Maria João

    Setembro 11, 2010 às 23:24
    Responder

    Gostei muito, tanto como do primeiro. Li-o numa noite :-)Gostei na relação dela com o pai. A amizade que une estas quatro mulheres é muito cativante, sem dúvida.Vale a pena ler e agora esperemos que a editora decida continuar com esta fantástica série.

  • Carla Alexandra Silva

    Agosto 20, 2010 às 23:10
    Responder

    James Patterson é considerado um dos mestres do thriller. De um dos escritores com mais livros vendidos em todo o mundo, chega este “Segunda Oportunidade”, o segundo livro da série Clube das Investigadoras. Este livro, tal como o primeiro livro da série, não desilude. Não é um dos melhores livros deste escritor, pois falta–lhe a reviravolta chocante que todos os bons thrillers têm no fim e que este autor tão bem sabe fazer e que, no entanto, falhou neste livro. Mesmo assim, é um livro que vale a pena ler. Apesar de lhe faltar o tal elemento choque, é um […] Ler Mais...James Patterson é considerado um dos mestres do thriller. De um dos escritores com mais livros vendidos em todo o mundo, chega este “Segunda Oportunidade”, o segundo livro da série Clube das Investigadoras. Este livro, tal como o primeiro livro da série, não desilude. Não é um dos melhores livros deste escritor, pois falta–lhe a reviravolta chocante que todos os bons thrillers têm no fim e que este autor tão bem sabe fazer e que, no entanto, falhou neste livro. Mesmo assim, é um livro que vale a pena ler. Apesar de lhe faltar o tal elemento choque, é um livro emocionante e envolvente, escrito de um modo muito inteligente. Gostei de ver a participação do pai da Lindsay, dá um toque mais pessoal à história. Concluindo: gostei, é um livro que se lê depressa e viciante. Read Less

  • Sandra

    Julho 29, 2010 às 16:04
    Responder

    Depois de ter lido tantas e boas opiniões sobre o primeiro volume desta série, lá resolvi experimentar. E devo dizer que experimentei, gostei e quero mais!A escrita é soberba! Simples, sintética, perspicaz, directa ao assunto. Não há momentos chatos, nem os ditos "encher chouriços", o que muito me agrada. Aliás, basta abrirem este volume e repararem que cada capítulo tem poucas páginas.Apesar de não ter lido o primeiro volume (com muita pena minha), consegui acompanhar muito bem a dinâmica deste grupo de amigas investigadoras nos tempos livres. A trama está excelentemente bem construída e não é fácil descobrirem a identidade […] Ler Mais...Depois de ter lido tantas e boas opiniões sobre o primeiro volume desta série, lá resolvi experimentar. E devo dizer que experimentei, gostei e quero mais!A escrita é soberba! Simples, sintética, perspicaz, directa ao assunto. Não há momentos chatos, nem os ditos "encher chouriços", o que muito me agrada. Aliás, basta abrirem este volume e repararem que cada capítulo tem poucas páginas.Apesar de não ter lido o primeiro volume (com muita pena minha), consegui acompanhar muito bem a dinâmica deste grupo de amigas investigadoras nos tempos livres. A trama está excelentemente bem construída e não é fácil descobrirem a identidade do verdadeiro assassino. A meu ver, mais um ponto a favor.O meu louvor à editora, Quinta Essência, pelo grafismo, design e tradução acompanhada de revisão. Tudo impecável! Fazendo com que valha a pena, cada vez mais, comprar livros desta editora sem qualquer receio. Read Less

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados
Tópicos recentes