Talvez Esther

FaceBook  Twitter  

talvezesther

 

 


Autora:
Katja Petrowskaja
Edição: Set/2015
Páginas: 256
ISBN: 9789897222207
Editora: Quetzal
 

 

 

Uma história dos anos mais negros do século XX através do destino de cada um dos membros de uma família estilhaçada.
Katja Petrowskaja cresceu no seio de uma família judia de Kiev, na Ucrânia, nos anos 1970. Da sua infância ficou-lhe um estranho sentimento de falta. O que é que não terá sido dito à mesa das refeições em família? Em que reentrâncias da História terão ficado retidos os seus antepassados, cujos nomes não se pronunciavam? Talvez Esther é o resultado dessa procura das origens.

Ficaremos a saber que um tio-bisavô - autor de um atentado contra um embaixador alemão - poderá ter desencadeado a Segunda Guerra Mundial; que um avô prisioneiro de guerra reapareceu 40 anos mais tarde; ou que uma bisavó, que talvez se chamasse Esther, em Kiev, em 1941, se dirigiu sozinha à ravina de Babi Yar, onde os ocupantes nazis eliminaram em massa todos os habitantes judeus da cidade, atirando-os das alturas, para não gastarem munições.
Através do destino estilhaçado de cada uma das suas personagens - que se desenrola entre Kiev, Mauthausen, Varsóvia e Auschwitz -, Petrowskaja traça os contornos de uma Mitteleuropa desaparecida e faz uma história do século XX, em que se alternam o claro e o obscuro, a força e a fragilidade, a glória e a derrota.

Leia as primeiras páginas aqui. http://recursos.bertrand.pt/recurso?id=10499394

Autora:

Katja Petrowskaya nasceu em Kiev em 1970. Depois dos estudos em literatura na Estónia e, mais tarde, em Nova Iorque, Stanford e Moscovo, Petrowskaja instalou-se em Berlim, a partir de onde colabora, enquanto jornalista, com diversos jornais alemães e russos.
Talvez Esther, o seu primeiro romance, foi galardoado com o prémio Ingeborg Bachmann 2013, o prémio Strega Europeu, em 2015, e será publicado em vinte países.

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • A Recriação do Mundo
    Não é segredo que a Alemanha e a URSS correram contra o tempo e contra os Estados Unidos da América para ...
  • 22.09.2019 13:21
  • Hugo Chávez, o colapso da Venezuela
    Gosto de estar bem informado e não fazer juízos sem conhecimento de causa. O governo da Venezuela tem ...
  • 02.09.2019 14:09
  • Autobiografia
    "Autobiografia" , o novo romance de José Luís Peixoto, é o 3º livro que leio deste autor. Os anteriores ...
  • 18.08.2019 17:41

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Quase todos os homens vivem inconscientemente no tédio. O tédio é o fundo da vida, foi o tédio que inventou os jogos, as distracções, os romances e o amor."
Miguel de Unamuno