Teresa, a Condessa-Rainha

Autores: Luís Carlos Amaral e Mário Jorge Barroca
Género: História de Portugal
Edição: Jan/2020
Páginas: 424+16
ISBN: 9789896446086
Editora: Temas e Debates

 

 

Filha do poderoso Afonso VI, rei de Leão e Castela, e de D. Ximena Moniz, e irmã da rainha D. Urraca, a infanta D. Teresa assistiu de muito perto e interveio, por vezes de forma enérgica, nas sucessivas e complexas conjunturas que moldaram o processo histórico peninsular, entre o derradeiro quartel do século XI e as primeiras décadas da centúria seguinte.
Tendo ficado viúva de D. Henrique de Borgonha em 1112, D. Teresa logo assumiu as tarefas governativas do condado, procurando dar continuidade ao essencial das políticas de seu marido. Neste contexto, não deixou também de cultivar ambições régias, muito provavelmente relacionadas com uma eventual restauração do antigo reino da Galiza.

A história posterior, em razão sobretudo da fundação da monarquia portuguesa, levou a que o seu governo fosse tradicionalmente interpretado como uma espécie de período intermédio entre dois tempos grandes, o de D. Henrique e, muito em particular, o de seu filho, D. Afonso Henriques.
Esta biografia revela-nos D. Teresa, a condessa-rainha, como uma personagem política fascinante, dotada de características singulares, que viveu e influenciou os momentos mais decisivos da formação do reino de Portugal.

Autor – Luís Carlos Amaral

Autor:

Luís Carlos Amaral é professor do Departamento de História e de Estudos Políticos e Internacionais da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, investigador do CITCEM (Centro de Investigação Transdisciplinar “Cultura, Espaço, Memória”), membro do CEHR (Centro de Estudos de História Religiosa, da Universidade Católica Portuguesa) e académico correspondente da Academia Portuguesa da História. Desempenha actualmente as funções de Vice-Presidente da Comissão de Ética da Universidade do Porto. No que respeita a temas de investigação, tem privilegiado estudos sobre povoamento e organização social do território (séculos X-XIII), bem como sobre instituições eclesiásticas medievais portuguesas. Entre as várias dezenas de estudos publicados destacam-se, entre os mais recentes: Half a Century of Rural History of the Middle Ages in Portugal: A Possible Overview; A Condessa Rainha Teresa (em colaboração com Mário Jorge Barroca).

Autor – Mário Jorge Barroca

Autor:

Mário Jorge Barroca é Professor Associado com Agregação da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde se doutorou em 1996 e onde leciona Arqueologia Medieval. Tem vindo a dedicar-se às áreas da Castelologia, do Armamento Medieval, das Residências Senhoriais e da Epigrafia. É autor de mais de uma centena de estudos, de entre os quais: Do Castelo da Reconquista ao Castelo Românico (Séc. IX a XII), Lisboa, Comissão Portuguesa de História Militar, 1994; Epigrafia Medieval Portuguesa (862-1422), 4 vols., Lisboa, FCG-FCT, 2000; História da Arte em Portugal, vol. II, O Gótico, Lisboa, Ed. Presença, 2002 (em colab. Com Carlos Alberto Ferreira de Almeida); “História Militar de Portugal – I Parte – 1096-1325”, in Mattoso, José (coord. de), Nova História Militar de Portugal, vol. I, Idade Média, Lisboa, Círculo de Leitores, 2003; Terena – O Castelo e a Ermida da Boa Nova, Lisboa, IPPAR, 2007.

0 comentários
0 likes
Anterior: Um Guião para um Futuro Ministro das FinançasSeguinte: Mistério no Museu dos Dinos

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados
Tópicos recentes