Tokyo Killer


Autor: Barry Eisler
Edição: Mar/2010
Páginas:
288
Editor: Saída de Emergência

John Rain é um assassino. O seu talento é matar. A sua especialidade: fazer com que pareça um acidente ou morte por causas naturais. Mas Rain tem as suas próprias regras e sabe que não as pode quebrar. Meio americano, meio japonês, ele é um mercenário treinado para fazer o trabalho sujo que os governos negam existir. Na frenética cidade de Tóquio, até uma carruagem de metropolitano em hora de ponta, está repleta de oportunidades para provocar a morte de uma vítima.
John Rain pode não ser um bom homem, mas é bom naquilo que faz. Confiante, discreto… ele é o melhor assassino que o dinheiro pode comprar. Até ao dia em que se apaixona pela sedutora filha de um homem que matou. Todas as suas regras estão em causa. E o amor pode tornar-se o seu maior inimigo.

Autor:
Barry Eisler mora e trabalha na zona da baía de San Francisco. Depois de se licenciar na Cornell Law School em 1989, passou três anos a trabalhar para o governo dos E.U.A. Já viveu e trabalhou no Japão e viaja com frequência a esse país, assim como a outros países asiáticos. Os thrillers de Eisler já ganharam o prémio Barry Award e o Gumshoe Award para O Melhor Thriller do Ano, e foram incluídos em numerosas listas de “Best Of”, tendo sido traduzidos em aproximadamente vinte idiomas. O livro Rain Fall, da série do assassino John Rain, teve também uma versão cinematográfica em 2009, conduzida pelas mãos do director Barrie Osborne, famoso por ter recebido um Oscar pela produção da trilogia Senhor dos Anéis.

3 comentários
0 likes
Anterior: BlasfémiaSeguinte: Lançamento do livro “João na Terra do Jaze”

Comentários

  • Júlia

    Maio 12, 2010 às 19:55
    Responder

    Este livro fala-nos de um assassino, meio americano meio japonês, contratado especialmente para fazer desaparecer certas pessoas que estavam a "estorvar", especialmente na política, fazendo tudo como se a causa de morte fosse natural.O autor vai-nos contando as dificuldades que John vai tendo ao longo deste caso concretamente, ao mesmo tempo que nos vai contando amiúde as dificuldades que ele teve na guerra no Vietnam e como os traumas da guerra atormentam até um assassino, e como uma pessoa no pós guerra tem dificuldades em se integrar na sociedade.Este livro tem como pano de fundo a capital do Japão, a […] Ler Mais...Este livro fala-nos de um assassino, meio americano meio japonês, contratado especialmente para fazer desaparecer certas pessoas que estavam a "estorvar", especialmente na política, fazendo tudo como se a causa de morte fosse natural.O autor vai-nos contando as dificuldades que John vai tendo ao longo deste caso concretamente, ao mesmo tempo que nos vai contando amiúde as dificuldades que ele teve na guerra no Vietnam e como os traumas da guerra atormentam até um assassino, e como uma pessoa no pós guerra tem dificuldades em se integrar na sociedade.Este livro tem como pano de fundo a capital do Japão, a chantagem e a corrupção no mundo da politica.Gostei e por isso recomendo. Read Less

  • Vera Mouta

    Maio 1, 2010 às 13:05
    Responder

    Primeiro livro de uma série que tem como protagonista John Rain, um assassino profissional com as suas próprias regras e que é um especialista na sua área, visto que mata fazendo com que pareça um acidente ou uma causa natural. O livro está muito bem escrito, fala de uma cultura muito diferente da nossa – a japonesa – e tem no protagonista uma figura que não sabe bem onde se enquadrar, visto que é meio japonês, meio americano. A descrição de Tóquio é incrível, muito pormenorizada, o sistema de metropolitano, as ruas, o sistema político do País e mesmo como […] Ler Mais...Primeiro livro de uma série que tem como protagonista John Rain, um assassino profissional com as suas próprias regras e que é um especialista na sua área, visto que mata fazendo com que pareça um acidente ou uma causa natural. O livro está muito bem escrito, fala de uma cultura muito diferente da nossa – a japonesa – e tem no protagonista uma figura que não sabe bem onde se enquadrar, visto que é meio japonês, meio americano. A descrição de Tóquio é incrível, muito pormenorizada, o sistema de metropolitano, as ruas, o sistema político do País e mesmo como as pessoas se comportam. Apesar do protagonista ser um assassino que mata a troca de dinheiro, quem lê fica a torcer por ele e que tudo lhe corra bem. Como este é o primeiro livro de uma série, é-nos contado o passado do John e de como ele chegou até onde chegou e do que passou na guerra. Tem algumas cenas de lutas, tendo em conta as artes marciais e todos os gestos calculados. Também tem romance.Eu gostei bastante do livro, apesar de, por vezes, ser complicado saber aqueles nomes japoneses, mas acho que se lê bastante bem, tem intriga ao longo do livro todo e não sabemos em quem é que o John pode ou não confiar. Em relação ao final, acho que foi bem conseguido e agora fico a aguardar os próximos livros dele, para saber mais sobre o John.Este livro já foi adaptado para cinema (em 2009), em que conta com a participação de Gary Oldman. Read Less

  • Carla Alexandra Silva

    Abril 18, 2010 às 22:02
    Responder

    VicianteLivro de uma série, com base na personagem de John Rain, assassino profissional a contrato, completamente diferente de todos os "heróis" deste género. A personagem é fascinante e damos por nós a torcer por ele, a querer que tudo lhe corra bem. Gostei imenso dos detalhes desta personagem , do seu ténue sentido de humor, da sua ironia, do facto de ser meio japonês, meio americano e com tudo o que envolve estas duas culturas. Um livro que não é fácil de pousar, devido às reviravoltas na história ou à descrição brilhante de Tokio. Por mim podia ter tido um […] Ler Mais...VicianteLivro de uma série, com base na personagem de John Rain, assassino profissional a contrato, completamente diferente de todos os "heróis" deste género. A personagem é fascinante e damos por nós a torcer por ele, a querer que tudo lhe corra bem. Gostei imenso dos detalhes desta personagem , do seu ténue sentido de humor, da sua ironia, do facto de ser meio japonês, meio americano e com tudo o que envolve estas duas culturas. Um livro que não é fácil de pousar, devido às reviravoltas na história ou à descrição brilhante de Tokio. Por mim podia ter tido um pouco mais de adrenalina, mas compensou com o final, que para mim, foi óptimo. Read Less

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados
Tópicos recentes