Última Hora: Peça em três actos

Autor: Rui Cardoso Martins
Género: Teatro
Edição: Out/2020
Páginas: 240
ISBN: 9789896715793
Editora: Tinta da China

 

 

A peça homónima, com encenação de Gonçalo Amorim e interpretação de Miguel Guilherme, estreia a 8 de Outubro no Teatro Nacional D. Maria II.
O jornal Última Hora, mais a sua pobre, cercada e aterrorizada redacção, vive o destino de todos os periódicos hoje em dia: uma grave crise. As breaking news neste caso são mesmo as notícias do seu fecho… Num verdadeiro caldo de nervos – agravado por coisas como a Internet e a partilha grátis de conteúdos nas redes sociais, as manipulações políticas, o despedimento dos repórteres mais capazes ou as fake news -, os protagonistas deste livro-espectáculo terão de tomar decisões absurdas, contraproducentes, caricatas, lamentáveis e, porque não?, comoventes, para salvarem o amor-próprio, a subsistência e até a essência da sua profissão.

Deste autor no Segredo dos Livros:
Deixem Passar o Homem Invisível
E Se Eu Gostasse Muito De Morrer

Autor – Rui Cardoso Martins

Autor:

Rui Cardoso Martins nasceu em Portalegre, em 1967. É autor dos romances «E Se Eu Gostasse Muito de Morrer» (2006), «Deixem Passar o Homem Invisível» (2009, Grande Prémio de Romance e Novela APE), «Se Fosse Fácil Era para os Outros» (2012) e «O Osso da Borboleta» (2014), e também do livro de crónicas «Levante-se o Réu» (2015). Tem livros traduzidos em várias línguas. Publicou contos em revistas nacionais e internacionais. É argumentista de cinema e autor de peças de teatro.
Foi co-fundador das Produções Fictícias, autor do programa «Contra-Informação» e de várias séries dramáticas e de comédia. Foi jornalista e cronista do jornal «Público» desde a sua fundação até 2015.

0 comentários
0 likes
Anterior: O Avesso do DiretoSeguinte: Ave-Marias

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados
Tópicos recentes