Uma Boa Crise

FaceBook  Twitter  

 

 

 

 

Autor: Álex Rovira
Coleção: À Descoberta do Eu
Páginas: 168
Formato: 15 X 23 cm
Editora: Vogais & Companhia

 

Reinventar-se a si próprio: a revolução da consciência
Superar uma crise – a crise – não significa voltar a TER mas sim a conseguir SER, enfrentar todos os momentos com dignidade, esperança e sentido da realidade. «A crise será o que fizeres dela», afirma o autor. Uma obra que assume a dificuldade como signo de vida, mas que nos ensina a absorver o bom do passado, a entregarmo-nos à mudança, a desafiar a rotina, a criar e a pensar de maneira diferente, a encontrar um sentido na dor… e a desfrutar de uma BOA CRISE.

Está na altura de aprender a lutar contra as dificuldades, as mudanças inesperadas e a inércia, de utilizar a inteligência, de confiar e seguir em frente. Se vemos que estamos em crise, é sinal de que estamos vivos. Vamos celebrá-lo!
Na senda da mensagem inspiradora de obras como Uma Boa Vida e A Boa Sorte, que conquistaram os leitores em todo o mundo, Álex Rovira apresenta Uma Boa Crise, em forma de cartas comoventes e realistas, em que o destinatário é o próprio leitor. Nelas o autor oferece a solução para transformarmos a nossa vida graças à aprendizagem gerada por uma crise, seja de que natureza for. Os exemplos de superação e as palavras revitalizantes são a prova de que esta obra é imprescindível para tornar as crises em novas oportunidades.
«Por isso, as cartas que se seguem apelam tanto ao meu eu-observador como ao meu amigo leitor, à parte desse amigo que sente medo, dúvida, raiva, culpa, resignação, pavor, impotência, que se sente só e incapaz. Estas são as cartas de alguém que, como tantos outros, viveu a sua travessia do deserto até encontrar um pequeno oásis no seu interior e hoje quer partilhar a sua lista de intenções existencial com um amigo.»

Autor:

Álex Rovira Celma (Barcelona, 1969) é um empreendedor, escritor, economista, conferencista internacional e consultor. Licenciou-se em Ciências Empresariais e tem um MBA pela ESADE, onde dirige regularmente seminários sobre diversos temas. É um dos directores e sócios-fundadores da Salvetti & Llombart, uma empresa catalã de consultadoria que conta entre os seus clientes algumas das principais multinacionais e ONGs europeias e americanas. Álex Rovira é um dos escritores espanhóis mais prestigiados internacionalmente, tendo já vendido cerca de 5 milhões de exemplares dos seus livros. La Buena Suerte é o seu livro que obteve maior êxito internacional, tendo sido publicado em 42 idiomas, com um sucesso sem precedentes.

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • Deixem Passar o Homem Invisível
    Dez anos depois de ter vencido o Grande Prémio de Romance e Novela APE/DGLB 2009, regressa em nova ...
  • 25.03.2020 23:36
  • O Caçador de Brinquedos
    Se gosta de ficção científica, não deixe de ler este livro! João Barreiros é considerado um dos ...
  • 12.03.2020 16:59
  • A Morte do Papa
    Depois de ter lido todos os livros anteriores de Nuno Nepomuceno, este foi o primeiro em que tive ...
  • 24.02.2020 00:22

Últimos Tópicos

    • Frecha
    • - Frecha, toda a magia tem um preço, sabes disso. Tens a certeza que queres...
    • há 5 dias 4 horas
    • Espaço para livros
    • Uma maneira simples e barata é embrulhá-los em rolo autoaderente, daquele que...
    • há 2 meses 2 dias
    • Melhores Livros De Romance
    • Obrigado pela partilha! Diversos desses livros têm nomes diferentes na edição...
    • há 2 meses 3 dias

Uma Pequena Palavra...

"É preciso ter chorado para imortalizar o riso no livro, na estrofe, na sentença, na palavra."
Camilo Castelo Branco in A mulher fatal