Uma Sonata de Amor

FaceBook  Twitter  

 

 

 

 

Autora: Santa Montefiore
Edição: 2008
Páginas: 478
Editora: Círculo de Leitores

 


Uma história de amor. Arrebatadora, misteriosa, embalada pela memória de uma sonata composta por um homem apaixonado. Das quentes paisagens da Argentina à frescura da Inglaterra rural, Santa Montefiore escreve um notável romance de perda e reconquista. Audrey, a protagonista, guarda em si a melodia que Louis compôs especialmente para ela, mas é com o seu heróico irmão, Cecil, que é forçada a casar. Esconde contudo, sempre, em si, aquela melodia de amor... Poderá um dia ser feliz? Poderá ainda alterar a sua vida?

Louis é o mais recatado dos irmãos. A sua discrição contrasta com a exuberância do irmão, Cecil, acabado de chegar da guerra. É contudo Louis que encanta a jovem Audrey. Ela cresceu na conservadora comunidade anglo-argentina de Hurlingham, e é em segredo que se encontra com Louis. De poucas palavras ele declara-se compondo-lhe uma sonata de amor... A súbita tragédia que se abate sobre a família de Audrey obriga-a a casar com Cecil e não com Louis, o romântico misterioso que sempre amará...

Intensa e envolvente, a escritora inglesa, de origem argentina, Santa Montefiore, leva-nos neste romance da inocência à perda, do arrebatamento à maturidade dos dias, do amor à tristeza. Audrey nunca esqueceu a sonata que um dia Louis lhe dedicou. Essa música faz na verdade parte dela. Poderá algum dia voltar a amar assim?

Autora:

Santa Montefiore cresceu numa quinta de Winchester, Inglaterra, onde nasceu no ano de 1970 e foi educada na Sherborne School for Girls, em Dorset. Estudou Espanhol e Italiano na Universidade de Exeter e passou a maior parte dos anos 90 em Buenos Aires, onde a mãe crescera e aí descobre inspiração para o seu primeiro romance, A Árvore dos Segredos. Ao sucesso deste romance seguem-se títulos como Uma Sonata de Amor, A Andorinha e o Colibri, A Última Viagem do Valentina, A Virgem Cigana, Amor e Segredos e O Jardineiro Francês, entre outros. Comparada pela crítica a autoras como Maeve Binchy e Rosamunde Pilcher, traz sempre algo de contemporâneo e emotivo aos seus romances. Os seus catorze romances foram traduzidos em mais de 25 línguas e venderam dois milhões de livros por todo o mundo.
Vive em Londres com o marido, o historiador Simon Sebag Montefiore, e duas filhas. A família de Santa, os Palmer-Tomkinson, reside no Humpshire, é é amiga íntima da família real.

Saiba mais em www.santamontefiore.co.uk

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • 25 de Abril, Corte e Costura
    Este livro é exatamente o que eu esperava dele: uma sucessão de quadros em que se ridiculariza a ...
  • 28.04.2019 21:03
  • A Aluna Americana
    Este é o mais recente romance de João Pedro Marques, autor de, entre outros, "Uma Fazenda em África" ...
  • 25.04.2019 20:42
  • O Último Cabalista de Lisboa
    Consegui, finalmente, ler este livro que foi o primeiro romance de Richard Zimler. Publicado em 1996 ...
  • 07.04.2019 23:56

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

“E desde então decidi que a POESIA é a forma mais curta, mais doce, mais explosiva. Para que escrever um romance se é possível dizer o mesmo em dez linhas?”
Charles Bukowski