Vertigem de Paixão

 

  

 

Autora: Elizabeth Hoyt
Série: A Lenda dos Quatro Soldados (Vol. 2)
Edição: Abr/2013
Páginas: 372
ISBN: 9789897260575
Editora: Quinta Essência

 

 

Durante anos, Melisande Fleming amou Lorde Vale de longe… vendo-o seduzir uma sucessão de amantes e, uma vez, entrevendo a intensidade de sentimentos sob o seu exterior despreocupado. Quando ele é abandonado no dia do casamento, ela enche-se de coragem e oferece-se para ser sua mulher.

Vale tem todo o gosto em desposar Melisande, nem que seja apenas para produzir um herdeiro. Porém, tem uma agradável surpresa: uma dama tímida e recatada durante o dia, ela é uma libertina durante a noite, entregando-lhe o seu corpo… mas não o seu coração.
Decidido a descobrir os segredos de Melisande, Vale começa a cortejar a sua sedutora mulher – enquanto esconde os pesadelos dos seus dias de soldado nas Colónia que ainda o atormentam. No entanto, quando uma mortífera traição do passado ameaça separá-los, Lorde Vale tem de expor a sua alma à mulher com quem casou… ou arriscar-se a perdê-la para sempre.

Consulte o 1º volume desta série de 4 livros no Segredo dos Livros:
O Sabor da Tentação

Autor – Elizabeth Hoyt

Autora:

Elizabeth Hoyt nasceu em Nova Orleães, onde a família da mãe vive há várias gerações, mas foi criada nos invernos gélidos de St. Paul, Minnesota. Quando era pequena, a família viajou muito na Grã-Bretanha, passando um verão em St. Andrews, na Escócia, e um ano em Oxford. Tem uma licenciatura em Antropologia pela Universidade de Wisconsin, Madison. Wisconsin foi também o local onde conheceu o marido, arqueólogo – numa escavação num campo de milho – e vivem no centro do Illinois, com os seus dois filhos, três cães e um jardim que ela cuida com entusiasmo. A família Hoyt gosta de fazer férias que acabem invariavelmente em sítios arqueológicos.

Visite a página da autora em: elizabethhoyt.com

2 comentários
0 likes
Anterior: Perto de TiSeguinte: Do Céu, com Amor

Comentários

  • Sandra Nunes

    Maio 13, 2013 às 21:25
    Responder

    [i]Vertigem de Paixão[/i] é o segundo livro da série [i]A Lenda dos Quatro Soldados[/i] iniciada no livro [i]O Sabor da Tentação[/i]. Nesta série, Hoyt enquadra os seus livros na história de quatro soldados que, numa encruzilhada, optam por seguir caminhos díspares que os conduzem às mais diversas aventuras. Neste livro, conhecemos a história de “Laughing Jack”, o soldado que escolhe prosseguir pelo caminho mais fácil. As suas aventuras são-nos reveladas em pequenos excertos no início de cada capítulo, entrelaçando-as com a história de Melisande e Jasper, o que enriquece o livro e o distancia dos restantes livros publicados dentro do […] Ler Mais...[i]Vertigem de Paixão[/i] é o segundo livro da série [i]A Lenda dos Quatro Soldados[/i] iniciada no livro [i]O Sabor da Tentação[/i]. Nesta série, Hoyt enquadra os seus livros na história de quatro soldados que, numa encruzilhada, optam por seguir caminhos díspares que os conduzem às mais diversas aventuras. Neste livro, conhecemos a história de “Laughing Jack”, o soldado que escolhe prosseguir pelo caminho mais fácil. As suas aventuras são-nos reveladas em pequenos excertos no início de cada capítulo, entrelaçando-as com a história de Melisande e Jasper, o que enriquece o livro e o distancia dos restantes livros publicados dentro do mesmo género. Hoyt possui uma escrita fluída, descomplexada e encadeada. E escreve romances históricos com um tal “à vontade”, que parece remeter para alguma pesquisa e fundamentação histórica. Acho que a autora captou bem o ambiente da época, principalmente os aspetos culturais e sociais, como as normas que regem a sociedade, os seus diálogos, valores e costumes.Adorei desvendar a história de Melisande e Jasper, duas personagens emocionalmente ricas e complexas que, contrariando as expectativas iniciais, têm imensa química. As páginas deste romance estão carregadas de sensualidade que, embora seja uma parte substancial da trama, não a domina, criando espaço para o mistério, a intriga, a conquista e as convenções próprias da época. Confesso que o li com alguma compulsão, num par de horas bem passadas, e recomendo-o para quem procura um romance de época leve, mas com alguma consistência. Read Less

  • Lurdes Graça Pereira da Silva

    Abril 14, 2013 às 19:46
    Responder

    Elizabeth Hoyt tem uma escrita muito agradável, quase impossível de parar de ler, porque nos faz transportar de tal modo para a história, que nos sentimos personagens dos seus livros.Só encontrei um senão: é que achei a história muito parecida com o volume anterior «O Sabor da Tentação», ao ponto de me parecer um plágio, até descobrir onde tinha lido algo parecido.Assim, se dou à autora do mérito de ter uma boa escrita, também acho que, apesar das histórias estarem inter-ligadas, não deveriam conter tantos pontos repetidos.

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados
Tópicos recentes