Viagem ao Fim do Coração

FaceBook  Twitter  

 

 

Autora: Ana Casaca
Género: Romance
Edição: Jun/2018
Páginas: 328
ISBN: 9789897024047
Editora: Guerra & Paz

 

 

 

Luísa era ainda uma adolescente. Tiago era já um jovem adulto. Conheceram-se na solidão de uma pequena praia, na margem de um rio. Tinham em comum uma relação familiar traumática. Num caso, o excesso de amor dos pais. No outro, a ausência desse mesmo amor. Quando voltam a encontrar-se, dezasseis anos depois, Luísa está doente. O fio invisível de um cancro une-os de novo. Será Tiago capaz de lhe devolver a vida?

Autora:

Ana Casaca é natural de Lisboa. Licenciou-se em Direito, mas sempre soube que era na escrita que residia a sua verdadeira vocação. Troca as leis pelas letras e, em 2002, é convidada a integrar a equipa de escrita da telenovela Filha do Mar (TVI, 2002). Participou na escrita de Baía das Mulheres (TVI, 2005), Tu e Eu (TVI, 2007), Podia Acabar o Mundo (SIC, 2008), Rosa Fogo (SIC, 2011), Bem-vindos a Beirais (RTP, 2013-2014), Jardins Proibidos (TVI, 2014), A Impostora (TVI, 2016) e Espelho d’Água (SIC, 2017). Adaptou, juntamente com Tomás Múrias, o guião para a série O Regresso a Sizalinda (RTP, 2006).
É autora de três romances, tendo publicado o primeiro, A Vontade de Regresso, em 2002. Viagem ao Fim do Coração e Todas as Palavras de Amor foram publicados também em Itália.

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • Crash
    Depois de ter lido "Arranha-Céus" de J. G. Ballard, um romance que me deixou a pensar seriamente nos ...
  • 10.07.2019 22:32
  • Amantes de Buenos Aires
    Amantes de Buenos Aires, o novo romance de Alberto S. Santos, baseia-se numa história real e segue a ...
  • 08.07.2019 16:24
  • 25 de Abril, Corte e Costura
    Este livro é exatamente o que eu esperava dele: uma sucessão de quadros em que se ridiculariza a ...
  • 28.04.2019 21:03

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Cada livro, cada volume que vês, tem alma. A alma de quem o escreveu e a alma dos que o leram e viveram e sonharam com ele. Cada vez que um livro muda de mãos, cada vez que alguém desliza o olhar pelas suas páginas, o seu espírito cresce e torna-se forte."
Carlos Ruiz Zafón in A sombra do vento