Viajar com os Reis de Portugal

FaceBook  Twitter  

 

 

Autor: Miguel Ribeiro Pedras
Género: História de Portugal
Edição: Fev/2020
Páginas: 240
ISBN: 9789896268848
Editora: A Esfera dos Livros

 

 


Seis séculos de jornadas ao estrangeiro da família real portuguesa

No início do século XIV, o rei D. Dinis e a rainha Santa Isabel deslocaram-se a Aragão para mediar um conflito que opunha este reino ao de Castela. Eram mais de mil os homens e mulheres que acompanhavam os soberanos portugueses por terras de Castela e Aragão, a maior comitiva que alguma vez se vira na Ibéria.
Em 1425 seria a vez de o infante D. Pedro, filho de D. João I e de D. Filipa de Lencastre, partir para uma viagem pela Europa que duraria 3 anos. Durante a sua estada em Inglaterra o príncipe português mediou um conflito entre o conde de Gloucester e o bispo de Beaufort, que poderia ter resultado numa guerra sangrenta.

Em 1854 D. Pedro V realizou um périplo pela Europa com o objectivo “de melhor me habilitar a dirigir depois os destinos do povo que eu devo reger”, como escreveu no seu diário. Na bagagem trouxe ideias de desenvolvimento, nomeadamente o seu forte incentivo à proliferação da linha férrea em Portugal.
D. Carlos, em 1901, viajou para Inglaterra para estar presente no funeral da rainha Vitória e, em 1907, o herdeiro do trono D. Luís Filipe viajou para África, naquela que foi a primeira viagem oficial de um membro da família real a este continente. Num momento em que Portugal estava no centro da polémica por ainda praticar a escravatura nas suas colónias, apesar de aquela ter sido abolida em 1869, o príncipe partia com o intuito de apaziguar a contestação.
Em 1909 o último rei de Portugal realizou a sua primeira viagem ao estrangeiro, com o propósito subliminar de encontrar uma noiva.
Estas são apenas algumas das viagens da família real portuguesa retratadas neste livro inovador e único. Como viajavam os reis de Portugal, com que objectivo, por que meios, quem os acompanhava, qual a importância destas jornadas para a política, diplomacia, cultura e desenvolvimento do país? Se algumas viagens eram viagens de lazer, outras revestiam-se de um cariz diplomático e marcadamente político. O historiador Miguel Ribeiro Pedras, numa escrita fluída e recorrendo a mapas e ilustrações, leva-nos a viajar com os monarcas portugueses ao longo de seis séculos de História.

Autor:

Miguel Ribeiro Pedras nasceu a 11 de maio de 1989 nas Caldas da Rainha. É licenciado em História pela Universidade Nova de Lisboa e mestre em Jornalismo pelo Instituto Politécnico de Lisboa, com a dissertação de mestrado intitulada «A Viagem do Príncipe: o périplo de D. Luís Filipe em África visto através da imprensa». Trabalhou como jornalista e também como investigador de História, sendo investigador integrado do Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa. É atualmente professor de História.

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • A Ilustre Casa de Ramires
    NOTA: Este comentário contém spoilers (*** não leia se pretender ainda ler o livro ***) Após 2 ou ...
  • 28.06.2020 09:42
  • Imortal (José Rodrigues dos Santos)
    Acabei (finalmente) de ler o mais recente livro de José Rodrigues dos Santos - Imortal que trata de um ...
  • 01.06.2020 23:30
  • O Túmulo do Mestre
    Ótimo livro para se ler num fim de semana! Li-o em duas tardes. Os capítulos não são grandes, pelo ...
  • 19.04.2020 19:03

Últimos Tópicos

    • Navia
    • Navia, nascida no ano 410 D.C, época em que a Lusitânia encontra-se instável...
    • há 4 dias 18 horas
    • Navia
    • Navia Navia, nascida no ano 410 D.C, época em que a Lusitânia encontra-se...
    • há 4 dias 18 horas

Uma Pequena Palavra...

“Ler um livro é para o bom leitor conhecer a pessoa e o modo de pensar de alguém que lhe é estranho. É procurar compreendê-lo e, sempre que possível, fazer dele um amigo.”
Hermann Hesse