Voltar a Ler – Alguma Crítica Reunida

Autor: António Carlos Cortez
Género: Ensaio
Edição: Mar/2019
Páginas: 392
ISBN: 9789896168513
Editora: Gradiva

 

 

Porque a literatura é um compósito complexo de signos que nega a ditadura do banal em que estamos imersos e, na sua expressão máxima, a poesia, se insurge contra as palavras gastas dum quotidiano asfixiante, eis porque ela é incompreendida, ou rechaçada para territórios periféricos ao debate político. Agitar as águas do real, essa é a suprema função da arte. Como a História comprova, a arte semeia a dúvida necessária em torno de novos absolutos, é ela o espinho que se crava fundo na certeza dos moralistas. É a dúvida e o princípio do incerto que mobiliza também este voltar a ler, pois foi sempre no gesto da releitura que se perceberam melhor certas ideias e caíram por terra certos preconceitos. Voltar a ler é abertura, compreensão, partilha.

Num livro sobre poesia portuguesa moderna e contemporânea, sobre ensaístas portugueses e temas relativos à educação e à cultura, António Carlos Cortez dirige-se a professores e pais, quer convocar alunos e investigadores, todos quantos não querem e não cedem aos tempos dos «burrocratas».
Um livro para voltar a ler.

Autor – António Carlos Cortez

Autor:

António Carlos Cortez é poeta, crítico literário e professor de Português e de Literatura Portuguesa no Colégio Moderno, colaborador permanente do Jornal de Letras, onde assina a coluna «Palavra de Poesia», e das revistas Colóquio-Letras e Relâmpago. Publicou o primeiro livro de poesia em 1999 (Ritos de Passagem).
Destacam-se, da sua produção, A Sombra no Limite (Gótica, 2004), Depois de Dezembro (Licorne, 2010 – Prémio Sociedade Portuguesa de Autores em 2011), O Nome Negro (Relógio d’ Água, 2013), Animais Feridos (Dom Quixote, 2016) e a antologia A Dor Concreta (Tinta-da-China, 2016), Prémio Teixeira de Pascoaes – Associação Portuguesa de Escritores/2018.
Foi consultor do Plano Nacional de Leitura entre 2010 e 2016.
PRÉMIOS: Prémio Sociedade Portuguesa de Autores – 2011; Prémio Teixeira de Pascoaes – Associação Portuguesa de Escritores – 2018.

0 comentários
0 likes
Anterior: Comida Macrobiótica para Toda a FamíliaSeguinte: O Túnel das Intenções

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados
Tópicos recentes